Timo Boll é Campeão da 1ª Edição do Dusseldorf Masters de Tênis de Mesa

O alemão Timo Boll venceu a primeira edição do Dusseldorf Masters, uma competição de retomada do tênis de mesa após a longa paralisação causada pela pandemia do coronavírus. Número 10 do ranking mundial, ele bateu seu compatriota Steffen Mengel na final (12-10, 11-8, 10-12, 11-6) para ficar com o título.



Encerrado nesta terça-feira (02), o torneio, organizado pelo clube do Borussia Dusseldorf em parceria com a Associação Alemã de Tênis de Mesa (DTTB), reuniu 16 atletas de quatro países diferentes: Alemanha, Egito, Equador e Suécia. Além de Boll, o evento teve as presenças de Dimitrij Ovtcharov, 11º do ranking, e de Kristian Karlsson, 24º.

"Foi uma sensação estranha jogar uma competição como essa, sem espectadores, sem atmosfera. Mas estou feliz que o Borussia e o DTTB tenham criado a chance de praticar novamente nos duelos de verdade. Estou satisfeito com o meu desempenho", disse o campeão, logo após a vitória.

“Foi uma boa final, Menzi (apelido de Mengel) apresentou muita resistência. Houve um bom nível e alguns rallys de alto nível. Eu realmente tive que trabalhar duro para trazer o jogo para casa. Estou muito feliz com a primeira competição em muito tempo", avaliou o confronto decisivo.

Antes de vencer Mengel, Timo bateu o também alemão Kirill Fadeev, de apenas 19 anos, por 3 a 0 (11-4, 11-5, 11-7) nas oitavas, e os suecos Anton Kallberg e Kristian Karlsson nas quartas e na semifinal, ambos por 3 a 1, com as respectivas parciais de 11-5, 7-11, 11-5, 11-9  e 11-4, 6-11, 11-5, 11-6.

Dimitrij Ovtcharov acabou eliminado nas quartas de final pelo compatriota Qiu Dang, número 52 do mundo (11-5, 15-17, 11-7, 7-11, 11-9). Dang, por sua vez, caiu para o vice-campeão Mengel na semifinal (11-5, 8-11, 11-3, 11-7).

Já estão previstos novos torneios do Dusseldorf Masters para as próximas semanas, com encerramento para agosto. A princípio, os duelos serão disputados nas segundas e na terças-feiras. A competição terá um ranking próprio, com a contagem das pontuações referentes ao desempenho dos atletas em cada uma das disputas.

Após o primeiro evento, Timo Boll lidera com 50 pontos, seguido por Steffen Mengel, com 30. Qiu Dang e Kristian Karlsson recebem 20 pontos por terem sido os semifinalistas. Os eliminados nas quartas de final ganham 10 pontos e, na primeira fase, 5.

Vale lembrar que o circuito mundial de tênis de mesa está paralisado desde março, por conta da pandemia. Todos os rankings estão congelados desde abril. A previsão para a volta das competições internacionais é no início de agosto. A ITTF (Federação Internacional de Tênis de Mesa) deve divulgar o novo cronograma nos próximos dias.

Crédito: Surto Olimpico



Comentários

Arquivo

Mostrar mais