Hugo Calderano perde Invencibilidade e Ochsenhausen cai para 3º lugar na Bundesliga Alemã de Tênis de Mesa

    Invencibilidade cai, brasileiro é derrotado e vê seu time perder a segunda colocação.


Chegou ao fim a invencibilidade de Hugo Calderano na atual temporada da Bundesliga de tênis de mesa. E, para piorar, o Ochsenhausen foi derrotado por 3 a 2 no confronto contra o Werden Bremen e também perdeu uma posição na tabela da competição.

Agora a equipe de Calderano é a terceira colocada, com 10 vitórias e seis derrotas na Bundesliga.

Só que o mesatenista brasileiro começou com tudo na rodada desta terça-feira (26) e venceu Hunor Szocs, da Romênia, por 3 a 0 (11/6, 11/7 e 11/4). Contudo, na partida seguinte, o sueco Mattias Falck foi implacável e devolveu na mesma moeda (11/8, 11/9 e 12/10).

E isso que Mattias Falck já tinha derrota o polonês Samuel Kulczycki. Menos mal que o francês Simon Gauzy conseguiu vencer o cazaque Kirill Gerassimenko. Sendo assim, Ochsenhausen e Werder Bremen venceram duas partidas cada e o desempate ficou para o jogo de duplas.

Sem Calderano na disputa de duplas, o Ochsenhausen foi de Gauzy e Kulczycki, que não conseguiram passar pela dupla do Werder Bremen, composta do paraguaio Marcelo Aguirre e do romeno Szocs.

O placar final de 3 a 2 para o Werder Bremen foi a oitava vitória do time, que também já perdeu outras oito partidas e está na nona posição da Bundesliga.

Atual vice-campeão da Bundesliga, o Ochsenhausen, apesar da derrota, segue bem posicionado na briga por uma das quatro vagas nos playoffs. O próximo compromisso de Calderano e sua equipe está marcado para 5 de fevereiro, quando enfrentam o líder Borussia Düsseldorf, pela 16ª rodada da liga.

Primeira derrota

Hugo Calderano conheceu a primeira derrota na Bundesliga de tênis de mesa. Agora, seu retrospecto é de 11 vitórias e uma derrota. O brasileiro foi poupado em algumas rodadas, mas mesmo assim é o quarto melhor em aproveitamento na competição.

Seu companheiro de Ochsenhausen, o francês Simon Gauzy soma 19 vitórias e apenas quatro derrotas, e já entrou em ação 11 vezes mais do que Calderano na temporada.

LIEBHERR OCHSENHAUSEN 2 X 3 WERDER BREMEN
Samuel Kulczycki 1 x 3 Mattias Falck (8/11, 8/11, 12/10, 7/11)
Hugo Calderano 3 x 0 Hunor Szöcs (11/6, 11/7 e 11/4)
Simon Gauzy 3 x 2 Kirill Gerassimenko (11/9, 10/12, 11/8, 9/11, 11/5)
Hugo Calderano 0 x 3 Mattias Falck (8/11, 9/11, 10/12)
Simon Gauzy/Samuel Kulczycki 2 x 3 Hunor Szöcs/Marcelo Aguirre (12/10, 3/11, 9/11, 11/3, 11/13)

Crédito: Olimpíada todo dia



Comentários

Total de visualizações da página

eBook

Tênis de Mesa Gran São João

Postagens mais visitadas dos últimos 30 dias

Luiza Dalfré do Gran São João na Liga Nipo Brasileira de Tênis de Mesa

Tênis de Mesa Limeira