Hugo Calderano é Vice-campeão da Copa da Alemanha de Tênis de Mesa com o Ochsenhausen

Hugo Calderano - Vice-campeão da Copa da Alemanha 2021

O Ochsenhausen, time do brasileiro Hugo Calderano, ficou com o vice da Copa da Alemanha de tênis de mesa. Na terceira final consecutiva do clube (campeão em 2019 e vice em 2020), o time perdeu para o Borussia Düsseldorf, por 3 a 1, neste sábado. O Final Four, com os jogos das semifinais e a final da competição, foi todo neste fim de semana.

No primeiro confronto do Final Four, o Ochsenhausen derrotou o Schwalbe Bergneustadt, por 3 a 2. Calderano venceu o primeiro jogo, contra o espanhol Álvaro Robles, por 3 a 0 (11/8, 11/5 e 11/6). Já o norte-americano Kanak Jha perdeu para o alemão Beneditk Duda, por 3 a 2 (13/11, 6/11, 9/11 e 6/11), o que fez o duelo ficar empatado em 1 a 1.

O francês Simon Gauzy voltou a colocar o Ochsenhausen na frente, vencendo o austríaco Stefan Fegerl, por (11/5, 11/6 e 11/4). Calderano foi batido no quarto confronto, por Beneditk Duda, por 3 a 2 (3/11, 11/4, 11/13, 11/7 e 4/11). A equipe de Hugo venceu o confronto de duplas, com Gauzy e o polonês Samuel Kulczycki superando a parceria de Robles e Fegerl, por 3 a 0 (17/15, 11/5 e 11/8).

Repetição da final da Bundesliga 2017/2018

Na outra semifinal, o Borussia Düsseldorf bateu o ASV Grünwettersbach, por 3 a 1. Assim, Ochsenhausen e Borussia Düsseldorf voltariam a decidir um título nacional, só que agora a Copa da Alemanha. Em 2018, o Ochsenhausen ficou com o vice-campeonato da Bundesliga, a liga alemã de tênis de mesa, quando os adversários conquistaram o pentacampeonato do torneio. No ano passado, a equipe de Calderano havia levado a melhor na semifinal da mesma Bundesliga.

No primeiro confronto da final, Calderano começou melhor que o sueco Kristian Karlsson, venceu os dois primeiros sets, mas permitiu a virada, por 3 a 2 (11/5, 11/5, 6/11, 7/11 e 4/11). Kanak Jha perdeu o jogo para o alemão Timo Boll, por 3 a 0 (8/11, 8/11 e 7/11). O francês Simon Gauzy manteve o Ochsenhausen vivo na decisão, ao bater o sueco Anton Källberg, por 3 a 2 (8/11, 11/4, 11/7, 9/11 e 12/10).

Assim, Calderano e Timo Boll, ex-número 1 do mundo, estavam novamente decidindo um confronto, a exemplo do que acontecera em 2018, quando o Ochsenhausen perdia por 2 a 1 a decisão da Bundesliga. Novamente, o time do brasileiro estava em desvantagem. E ele perdeu os dois primeiros sets para o alemão (5/11 e 10/12), que esteve muito próximo de fechar o confronto, empatado em 10 a 10 no terceiro set, da mesma forma que na decisão de dois anos atrás. Desta vez, o brasileiro conseguiu vencer por 12 a 10, mas no set seguinte caiu para o alemão, por 12 a 10.

Além do vice-campeonato da Bundesliga em 2017/2018, do título da Copa da Alemanha de 2019 e dos vices de 2021 e do ano passado no torneio, a equipe ainda contabiliza o título da Bundesliga 2018/2019 e o vice de 2019/2020. Na temporada atual, o Liebherr Ochsenhausen ocupa a segunda colocação, com oito vitórias em 11 partidas disputadas.




Comentários

Total de visualizações da página

eBook

Tênis de Mesa Gran São João

Postagens mais visitadas dos últimos 30 dias

Luiza Dalfré do Gran São João na Liga Nipo Brasileira de Tênis de Mesa

Tênis de Mesa Limeira