ITTF aprova proposta da CBTM para preservar os atletas em datas de Torneios Internacionais de Tênis de Mesa

A Federação Internacional de Tênis de Mesa (ITTF) votou, nesta segunda-feira (28), em reunião virtual, proposta apresentada pela Confederação Brasileira de Tênis de Mesa (CBTM), para proteção dos atletas. A ideia é a criação de janelas dentro do calendário internacional, onde sejam realizados os torneios internacionais sem qualquer tipo de sanção aos atletas.

Hugo Calderano - Foto: ITTF

A Federação Internacional de Tênis de Mesa (ITTF) aprovou, nesta segunda-feira (28), em reunião virtual, proposta apresentada pela Confederação Brasileira de Tênis de Mesa (CBTM), para proteção dos atletas. Com 88 votos favoráveis (80,73%) e 21 contrários (19,27%), serão criadas janelas dentro do calendário internacional, onde acontecerão os torneios continentais e regionais, sem qualquer tipo de sanção aos atletas. Na votação, 31 associações se abstiveram.

Este é um problema muito comum aos atletas que atuam fora do país. Alguns já foram punidos inclusive com a dispensa de clubes na Europa, pois as datas dos jogos de suas equipes coincidiam com torneios importantes, como Campeonatos Pan-Americanos, por exemplo. 

De acordo com a proposta, seriam criadas as janelas para a realização dos torneios internacionais em todo o mundo, e os atletas seriam preservados. Os clubes, por sua vez, não teriam compromissos nestas datas, podendo contar com seus elencos completos nas Ligas.


A proposta é inspirada no que acontece há quase 20 anos no futebol. Com a criação das datas FIFA, os jogos de Eliminatórias da Copa do Mundo e torneios continentais passaram a ter janelas específicas, possibilitando a liberação dos craques dos grandes clubes para estas competições. Da mesma forma, as principais Ligas do mundo passaram a formatar seus calendários evitando estas janelas.

“Na verdade, é uma garantia para todos. Os atletas ficam protegidos, sem a preocupação de se apresentarem às seleções e serem punidos. As entidades continentais podem se programar para realizarem as competições com qualidade e todos os principais craques, enquanto os clubes, que investem neste atleta, também serão preservados”, detalha o presidente da CBTM, Alaor Azevedo.

Crédito: CBTM/Surto Olímpico


          

Comentários

Total de visualizações da página

eBook

Tênis de Mesa Gran São João

Postagens mais visitadas dos últimos 30 dias

Luiza Dalfré do Gran São João na Liga Nipo Brasileira de Tênis de Mesa

Tênis de Mesa Limeira