Giulia Takahashi com apenas 15 anos Treina pela 1ª vez com a irmã Bruna na Seleção Adulta de Tênis de Mesa

Terceira do mundo na categoria de base, Giulia treina pela 1ª vez na seleção principal com a irmã, Bruna Takahashi, melhor jogadora de tênis de mesa do Brasil e entre as 50 do ranking mundial.



Grande promessa do tênis de mesa brasileiro na atualidade, Giulia Takahashi está pela primeira vez treinando com a seleção adulta, que já está classificada para os Jogos Olímpicos de Tóquio, adiados para o ano que vem. Aos 15 anos, ela é a terceira do ranking mundial em sua categoria e está treinando com a equipe nacional comandada por Hugo Hoyama em Vila de Gaia, cidade ao norte de Portugal, onde o COB (Comitê Olímpico do Brasil) montou uma das bases da chamada Missão Europa, projeto que leva atletas olímpicos do país para treinar no continente europeu durante a pandemia.

E Giulia tem um privilégio neste treinamento em Portugal: ela divide quarto com a irmã, Bruna Takahashi, 46ª do mundo atualmente. Melhor brasileira da história do tênis de mesa, Bruna já joga no Sporting, clube de Lisboa, há um ano. E estava em Portugal quando se juntou à seleção para treinar em Gaia. Mais jovem atleta da delegação brasileira nos Jogos Olímpicos do Rio, com 16 anos, Bruna hoje tem 20 e serve também de inspiração para a irmã mais nova. Afinal, com a mesma idade que Giulia tem hoje, Bruna conquistou o Campeonato Mundial da categoria em 2015.

- Eu já tinha voltado a Portugal duas semanas antes da seleção embarcar, estava muito feliz de voltar a treinar e mais ainda quando elas chegaram, principalmente a minha irmã. Quando fiquei sabendo que ela ia vir para cá fiquei muito feliz, é sempre bom ter alguém da família por perto. Muito bom ter a equipe reunida e bom também para a Laurinha e a Giulia se integrarem na equipe adulta. Estamos aproveitando o máximo possível - afirma Bruna.


Além das irmãs Takarashi, também estão em Portugal Laura Watanabe, de apenas 16 anos, e as atletas da seleção adulta Caroline Kumahara e Jessica Yamada.

- Está sendo minha primeira vez viajando com a seleção adulta e também tem a minha irmã, é a primeira vez que viajo com ela dentro da seleção. Está sendo uma experiencia incrível, estou pegando o máximo que consigo com elas dentro e fora da mesa também - diz Giulia, caloura da turma, que também faz parte do Programa de Desenvolvimento de Talentos, realizado em conjunto entre CBTM (Confederação Brasileira de Tênis de Mesa) e COB.

E para quem não está encontrando semelhanças na aparência, vale explicar que Bruna é a irmã mais parecida fisicamente com a mãe, Gisele, que está sempre ao lado delas, dos treinos às competições, e Giulia é parecida com o pai, Ricardo, que foi quem as levou à prática do tênis de mesa.

A equipe brasileira permanece no centro de treinamento do Sporting, em Vila Nova de Gaia até o dia 24 de setembro, inclusive dividindo mesas com atletas da seleção portuguesa. A Missão Europa, do COB, deve ir até dezembro, com mais de 200 atletas passando por treinamento no velho continente.

Crédito: ge



Comentários

eBook