Sete brasileiros participam do Aberto de Portugal de Tênis de Mesa

Bruna Takahashi, Caroline Kumahara, Cazuo Matsumoto, Humberto Manhani, Jessica Yamada, Thiago Monteiro e Vitor Ishiy representam o Brasil em Lisboa.

Jessica Yamada - Brasil - Foto: ITTF

Os mesa-tenistas brasileiros iniciam, nesta quarta-feira (12), a caminhada no Aberto de Portugal, competição challenge plus do Circuito Mundial de Tênis de Mesa, em Lisboa. Serão sete atletas do país na disputa: Bruna Takahashi, Caroline Kumahara, Cazuo Matsumoto, Humberto Manhani, Jessica Yamada, Thiago Monteiro e Vitor Ishiy.

Objetivos comuns, com caminhos bem diferentes. Conheça o momento de cada um destes atletas e os jogos confirmados no torneio (horários de Brasília):

Bruna Takahashi – Número 45 do mundo, Bruna joga “em casa”, já que é atleta do Sporting de Lisboa. Depois de ter se classificado pela primeira vez para a chave principal de um evento platinum do Circuito (Aberto da Alemanha, em janeiro) e ter feito jogo duro com a japonesa Mima Ito, número 3 do ranking, não foi adiante na Copa Pan-Americana. A longa viagem é um desafio a mais. É a cabeça de chave número 12 do individual, 7 de duplas mistas (com Vitor Ishiy) e 10 do sub-21.

Estreias:

Sub-21 – Fase de 32 – Quarta, 15h40, contra Camille Lutz (FRA);
Individual – Fase de 64, na sexta (horário e adversária a definir);
Dupla feminina (joga com a sérvia Andrea Todorovic) – Fase preliminar 1 – Quinta, 14h25, contra Ema Labosova e Nikoleta Puchovanova (RUS);
Dupla mista – Oitavas de final – Sexta, 6h30, sem adversários definidos.

Caroline Kumahara – Disputa o terceiro evento internacional consecutivo nesta temporada. “Na Alemanha, perdi na estreia, mas fiz um bom jogo. Tive um bom torneio na Espanha, ganhei de uma japonesa e fiz boa partida contra a outra japonesa. Senti evolução em vários pontos. Conforme o tempo vai passando, vou pegando mais ritmo e executando melhor e com mais frequência alguns golpes. Consequentemente, espero conseguir melhores resultados”, disse Caroline, que mostra otimismo sobre o torneio em Lisboa.

“A consistência é essencial. Essa confiança vai ser importante para começar bem aqui em Portugal. Consegui treinar bastante durante e depois do Aberto da Espanha. Me preparei melhor do que o habitual nos campeonatos. Me traz segurança e confiança para ter um bom desempenho”, avisa.
Estreias:
Individual – Fase Preliminar Única – Quinta, 10h05, contra Anna Kirichenko (FIN);
Dupla feminina (joga com Jessica Yamada) – Fase preliminar 1 – Quinta, 16h10, sem adversárias definidas;
Dupla mista (joga com Thiago Monteiro) – Fase Preliminar Única – Quinta, 7h, contra Samuel Kaluzny e Tatiana Kukulkova (SLO).

Cazuo Matsumoto – Primeiro latino-americano a vencer uma etapa do Circuito Mundial, em 2013, na Espanha, não tem sido figura frequente nos Abertos Internacionais. Em 2019, participou apenas do torneio no Paraguai e mostrou seu habitual talento.
Estreia:
Individual – Fase preliminar 1 – Quarta, meio-dia, contra Mihai Bobocica (ITA).

Humberto Manhani – Joga o segundo torneio internacional consecutivo. Atuando na Espanha, conhece de perto o clima da competição. Enfrenta um adversário sul-americano na primeira fase preliminar e tenta surpreender.
Estreia:
Individual – Fase preliminar 1 – Quarta, 12h45, contra Juan Lamadrid (CHI).

Jessica Yamada – Apesar da curta participação na Copa Pan-Americana, quando enfrentou Adriana Diaz, a campeã e número 20 do mundo, teve bons momentos na partida e vem crescendo em disputas internacionais. Da mesma forma que Bruna, enfrentou a longa viagem.
Estreias:
Individual – Fase Preliminar Única – Quinta, 10h05, contra Jennifer Jonsson (SWE);
Dupla feminina (joga com Caroline Kumahara) – Fase preliminar 1 – Quinta, 16h10, sem adversárias definidas;

Thiago Monteiro – Ficou nas quartas no torneio de duplas da Espanha, mas caiu na estreia no individual. Experiente, é o cabeça de chave número 15, fazendo a dupla número 3 com Vitor Ishiy. Não será surpresa se brigar entre os primeiros.
Estreias:
Individual – Fase de 64, na sexta (horário e adversário a definir);
Dupla masculina – Oitavas de final – Sexta, 13h55, sem adversários definidos;
Dupla mista (joga com Caroline Kumahara) – Fase Preliminar Única – Quinta, 7h, contra Samuel Kaluzny e Tatiana Kukulkova (SLO).

Vitor Ishiy – Na briga direta por vaga para a Seleção Brasileira na Olimpíada de Tóquio, vive o melhor momento na carreira. Por pouco não passou para a chave principal na Alemanha. É o que está nas melhores posições de cabeça de chave entre os brasileiros: 10 no individual, 3 nas duplas masculinas (com Thiago Monteiro) e 7 nas duplas mistas (com Bruna Takahashi).
Estreias:
Individual – Fase de 64, na sexta (horário e adversário a definir);
Dupla masculina – Oitavas de final – Sexta, 13h55, sem adversários definidos;

Dupla mista – Oitavas de final – Sexta, 6h30, sem adversário definido.

Crédito: Olimpíada todo dia

Página Inicial

Comentários

Total de visualizações da página

Tênis de Mesa Gran São João

Postagens mais visitadas dos últimos 30 dias

Tênis de Mesa do Gran São João Apresenta Planejamento para Temporada 2023

Nova Comissão Técnica do Tênis de Mesa da China com Wang Hao / Ma Lin / Li Sun e Xiao Zhan Deverá ser Aprovada pelo Comitê Chinês

Hugo Calderano é Bicampeão do WTT Contender de Tênis de Mesa em Doha no Catar 2023

Tênis de Mesa Limeira

Seguidores

eBook