Hugo Calderano vai participar no Aberto da Hungria de Tênis de Mesa

Calderano é o cabeça de chave número 2, mas outros seis brasileiros estão na briga; saiba quais são os objetivos de cada um.

Hugo Calderano - Brasil - Foto: ITTF
A Hungria traz boas recordações para os brasileiros no tênis de mesa. No Campeonato Mundial de 2019, o país colocou sete atletas na chave principal, em desempenho semelhante ao das maiores potências da modalidade. No mesmo torneio, Hugo Calderano igualou a melhor campanha de um brasileiro na história da competição, ao chegar nas oitavas de final, feito que somente Biriba e Cláudio Kano haviam conseguido anteriormente. No Aberto da Hungria de 2018, Calderano foi semifinalista.

Portanto, motivos para acreditar não faltam. Veja o que podemos esperar de cada grupo de brasileiros na Hungria:

Briga por pódio – Inegavelmente, Hugo Calderano é um dos favoritos em Budapeste. Cabeça de chave número 2, tem no japonês Tomokazu Harimoto seu grande rival. A final é no domingo de Carnaval. Quem será que vai sambar melhor nas mesas?
Chave Principal – Essa é a meta mais próxima de, pelo menos, dois brasileiros. Bruna Takahashi conseguiu passar num Aberto Platinum, na Alemanha, e tenta repetir o feito. Melhor entre os homens nos Abertos da Alemanha (ficou na fase preliminar 4, a última antes da chave principal) e Portugal (único a passar da fase de 64), Vitor Ishiy busca novo bom resultado.
Querem surpreender – Não acredita no experiente? Thiago Monteiro já mostrou que cresce nestes momentos. Em 2019, chegou na fase de 32 do Aberto Platinum do Catar. Caroline Kumahara e Jessica Yamada estão disputando competições internacionais consecutivas, com bom ritmo de jogo. Eric Jouti fez um bom Aberto na Espanha, não disputou torneios na semana passada e deve vir forte para buscar algo a mais.
“No Aberto da Espanha, joguei bem, mas senti poderia ter ido mais longe. Acabei errando algumas bolas que não costumo falhar e o jogo desandou. Depois disso, pude dar uma descansada. Agora é ir com tudo amanhã”, projeta Jouti.
Duplas – Serão quatro parcerias com brasileiros em Budapeste. No feminino, Caroline Kumahara joga ao lado da norte-americana Lily Zhang, enquanto Jessica Yamada e Bruna Takahashi formam outra dupla. No masculino, Eric Jouti e Vitor Ishiy. Nas mistas, Ishiy e Bruna repetem a parceria que quase conquistou medalha em Portugal, parando nas quartas de final.
Confira os jogos do primeiro dia envolvendo brasileiros no Aberto da Hungria (horários de Brasília):
Individual Feminino
7h30 – Fase Preliminar 1 – Caroline Kumahara 4 a 3 Giorgia Piccolin (ITA)
8h20 – Fase Preliminar 2 – Jessica Yamada 4 a 0 Yuan Wan (GER)

Individual Masculino (horários a confirmar)
Fase Preliminar 2 – Thiago Monteiro 4 a 2 Aliaksandr Khanin (BLR) ou Miad Loftjanabadi (IRI)
Fase Preliminar 2 – Vitor Ishiy 1 a 4 Norbert Nagy (HUN) ou Alexandre Cassin (FRA)
Fase Preliminar 2 – Eric Jouti x Diogo Chen (POR)

Duplas Feminino
13h20 – Fase Preliminar 1 – Bruna Takahashi e Jessica Yamada x Sutirtha Mukherjee e Krittwika Roy (IND)

Duplas Masculino
14h20 – Fase Preliminar 1 – Vitor Ishiy e Eric Jouti x Leonardo Mutti e Jordy Piccolin (ITA)

Crédito: Olimpíada todo dia

Página Inicial


Comentários

Total de visualizações da página

Tênis de Mesa Gran São João

Postagens mais visitadas dos últimos 30 dias

Tênis de Mesa do Gran São João Apresenta Planejamento para Temporada 2023

Nova Comissão Técnica do Tênis de Mesa da China com Wang Hao / Ma Lin / Li Sun e Xiao Zhan Deverá ser Aprovada pelo Comitê Chinês

Hugo Calderano é Bicampeão do WTT Contender de Tênis de Mesa em Doha no Catar 2023

Tênis de Mesa Limeira

Seguidores

eBook