Calderano e Tsuboi estão nas quartas de Final da Copa Pan Americana de Tênis de Mesa


O Brasil já tem dois representantes nas quartas de final da Copa Pan-Americana de Tênis de Mesa. Nesta sexta-feira (7), em Guaynabo, Porto Rico, Hugo Calderano e Gustavo Tsuboi venceram seus confrontos de estreia e já garantiram presença na próxima fase, que será disputada no sábado. Os campeões e vices de cada naipe estarão classificados para as Copas do Mundo Individuais, em outubro.

Após mais de um mês parado por conta de uma lesão no quadril, Hugo Calderano estreou na noite desta sexta-feira (7), nas oitavas de final da Copa Pan-Americana, em Guynabo, Porto Rico. E, apesar do susto inicial, venceu o canadense Jeremy Hazin, por 4 a 2 (8/11, 11/3, 5/11, 11/7, 11/0 e 11/8). Nas quartas de final, ele encara o argentino Horacio Cifuentes, às 18h (de Brasília), com transmissão ao vivo do canal da ITTF no YouTube (https://www.youtube.com/user/ittfchannel).

Sentindo claramente a falta de ritmo de competição, Calderano começou muito mal o jogo. Errando além do normal, foi dominado pelo canadense, que venceu a primeira parcial. Mas logo a alegria do adversário acabou. No segundo set, o brasileiro foi arrasador, vencendo por 11 a 3.

Calderano voltou a errar muito no terceiro set, permitindo ao adversário abrir vantagem. O brasileiro acabou se desconcentrando após reclamações de Hazin sobre a bola molhada e voltou a perder, com certa facilidade. 

A desvantagem colocou o brasileiro definitivamente na partida. Na quarta parcial, começou a encontrar novamente o seu melhor jogo. Na quinta, foi irretocável, com sangue nos olhos, vencendo por 11 a 0. O canadense ainda tentou uma reação no sexto set, mas Calderano conseguiu manter o melhor nível para fechar.

Gustavo Tsuboi

Terceiro colocado na edição de 2019, Gustavo Tsuboi foi para a mesa na sequência, onde encarou o canadense Marko Medjugorac. Vitória por 4 a 1 (11/6, 9/11, 15/13, 11/6 e 11/4), e classificação para enfrentar o equatoriano Alberto Mino.

Tsuboi encontrou dificuldades no primeiro set, mas foi no segundo que o canadense dominou o confronto, chegando a abrir uma diferença de cinco pontos. Na terceira parcial, novamente o brasileiro encontrou dificuldades, mas conseguiu vencer no desempate e retomou as rédeas da partida.

Comentários

Arquivo

Mostrar mais