Hugo Calderano, Gustavo Tsuboi, Vitor Ishiy, Eric Jouti e Thiago Monteiro são os brasileiros no top 100

Hugo Calderano se mantém na sexta colocação do ranking mundial do tênis de mesa, do mês de outubro de 2019.


Hugo Calderano - 06º colocado no ranking mundial de outubro 2019.
Foto: ITTF

Pode parecer pouco, mas entrar no grupo dos 100 melhores no ranking mundial de tênis de mesa é complicado, devido ao grande número de profissionais espalhados pelo mundo. E o Brasil coloca, no ranking mundial anunciado nesta semana, cinco mesa-tenistas entre os cem melhores, mostrando que o país é um dos seis melhores times do masculino atualmente.

Hugo Calderano permanece em sexto lugar, atrás do japonês Tomokazu Harimoto, que é o quinto. As quatro primeiras posições são da China: Xu Xin, Fan Zhendong, Ma Long e Lin Gaoyuan. Gustavo Tsuboi é o 28º, Vitor Ishiy subiu quase 60 postos e é 68º. Eric Jouti está em 80º e Thiago Monteiro o 89º.

Apenas outras cinco nações têm cinco ou mais atletas no Top-100: Alemanha (7), China (10), Coreia do Sul (7), Japão (11) e Suécia (5).

O ranking mundial é muito importante para Hugo Calderano, que tem como principal objetivo ser um dos quatro primeiros cabeças de chave na Olimpíada de Tóquio. Assim, fugiria de qualquer chinês até a semifinal dos Jogos. Hugo é sexto colocado neste momento, mas como tem quatro chineses na sua frente ( o limite na Olimpíada é de dois), ele, neste momento, seria o quarto colocado entre os classificados.

Além disso, há a competição por equipes, em que o Brasil busca a classificação pelo Latino-Americano, em outubro. A seleção deve conseguir a vaga. Aí, será importante estar bem ranqueado para fugir da China até, pelo menos, a semifinal.

No feminino, o Brasil tem uma atleta top 100: Bruna Takahashi, que saiu dos Jogos Pan-Americanos com quatro medalhas, duas pratas e dois bronzes, está em 53º.

PÁGINA INICIAL




Comentários

Arquivo

Mostrar mais