Xu Xin elimina Hugo Calderano no Aberto da Austrália de Tênis de Mesa

Hugo Calderano vs Xu Xin - Aberto da Austrália 2019
Foto: ITTF
Diante do número 1 do ranking mundial de tênis de mesa, o brasileiro Hugo Calderano mostrou toda a sua qualidade e fez um grande jogo na despedida dele do Aberto da Austrália, no início da manhã deste sábado (13), em Geelong. Ele foi derrotado pelo chinês Xu Xin, por 4 a 2 (7/11, 10/12, 5/11, 11/8, 11/7 e 9/11), nas quartas de final da competição, em uma partida onde teve boas chances de sair vitorioso ou, ao menos, levar a partida para o set desempate.

Esta foi a segunda vez na temporada que Calderano se coloca entre os oito melhores de uma etapa platinum do Circuito (a outra foi no Aberto do Japão), em quatro disputadas até o momento. E, por muito pouco, não derrota um jogador número 1 do ranking mundial pela terceira vez em dois anos. Em março de 2018, ele bateu o alemão Timo Boll, e, em dezembro, o chinês Fan Zhendong. Ambos lideravam a lista quando foram surpreendidos pelo brasileiro.

Calderano até começou a partida agressivo, como pedira seu treinador, Jean-René Mounie, na véspera. Porém, errava demais e permitiu ao chinês abrir uma boa vantagem. Aos poucos, se recuperou na parcial e quase empatou, mas Xu Xin foi eficiente para fechar em 11 a 7.

No segundo set, o jogo foi totalmente diferente. Xu Xin abriu dois pontos de vantagem no início da parcial, mas Calderano logo buscou a igualdade e a partida ficou totalmente equilibrada. O brasileiro teve a oportunidade de fechar, mas permitiu a virada do chinês, por 12 a 10.

A derrota não foi bem digerida por Calderano, que não iniciou bem o terceiro set. Com isso, Xu Xin abriu vantagem e controlou bem a parcial, vencendo com certa tranquilidade: 11 a 5.

A reação veio no quarto set, que começou com espetacular rali a favor do brasileiro. Era o prenúncio de mais uma parcial com grandes lances e Calderano totalmente dentro do jogo. Ele esteve sempre na frente do placar e, desta vez, não permitiu a virada nos momentos finais.

Seguro do que precisava fazer para bater o número 1 do mundo, Calderano continuou dono da partida na quinta parcial. Abriu 3 a 0 e seguiu dando trabalho ao chinês, sempre impondo seu ritmo e chegando a mais uma vitória, desta vez por 11 a 7. 

Nesta altura, o panorama do confronto já tinha mudado totalmente, com o brasileiro determinado a deixar sua marca e o chinês tendo que mostrar seu melhor jogo para seguir na competição. E assim foi. Calderano chegou a abrir três pontos de vantagem, mas Xu Xin conseguiu a virada no finalzinho do set, vencendo por 11 a 9 e conquistando a vaga na semifinal.

O próximo compromisso do brasileiro será a disputa do T2 Diamond, a partir de quinta-feira (18), em Johor Bahru, na Malásia. Logo depois, ele volta ao Brasil, onde inicia a preparação para os Jogos Pan-Americanos de Lima, junto com os demais atletas da Seleção.

Crédito: surtoolimpico

PÁGINA INICIAL 


Comentários

Arquivo

Mostrar mais