Neste Sábado 06 será Comemorado o Dia Mundial do Tênis de Mesa



O Dia Mundial do Tênis de Mesa será comemorado neste sábado (6), com ações em todos os cantos do planeta. A iniciativa é da Federação Internacional de Tênis de Mesa (ITTF), através da ITTF Foundation. No Brasil, não será diferente. Em diversos estados brasileiros, há ações programadas por clubes, entidades e federações estaduais, com o objetivo de promover a modalidade.
A intenção é celebrar a alegria de jogar tênis de mesa para se divertir, unindo as pessoas, onde o foco é menos sobre competição e mais sobre a participação e diversão. O objetivo é reunir o maior número de entusiastas da modalidade, atrair pessoas que normalmente não jogam tênis de mesa, promover o amor pelo esporte, e, idealmente, envolver novos jogadores para a prática a longo prazo. A data de 6 de abril foi escolhida pois foi estabelecida pela Organização das Nações Unidas (ONU) e pelo Comitê Olímpico Internacional (COI) como o Dia Internacional do Esporte para o Desenvolvimento e pela Paz.
Os mesa-tenistas brasileiros abraçaram a ideia. No Rio, o Sesc vai promover, na Arena Carioca 3, uma grande ação gratuita. Serão desenvolvidas clínicas, jogos de exibição e atividades lúdicas para toda a comunidade, de 8h às 16h.
Santa Catarina também já se mobilizou, intensamente. Pelo menos nove cidades do interior já confirmaram oficialmente eventos para esta data: Porto União, São Miguel do Oeste, Joinville, Campos Novos, Chapecó, São Bento do Sul, Rio do Sul, Pouso Redondo e Maravilha.

“Vamos ter de tudo. Em São Miguel do Oeste, por exemplo, vamos ter um Risoto com Tênis de Mesa. Há cidades que estão com a intenção de fazer 24 Horas de Tênis de Mesa. Todos estão animados para esta promoção”, explica o presidente da Federação Catarinense e vice-presidente da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa (CBTM), Vilmar Schindler.
Outros estados também já confirmaram ações para esta data: Goiás, Mato Grosso, Minas Gerais, Paraná, Rondônia e São Paulo. As ações do Dia Mundial do Tênis de Mesa podem ser organizadas por associações continentais, nacionais e regionais de tênis de mesa, comitês olímpicos nacionais, clubes, ONGs, centros para a juventude, escolas primárias e secundárias, universidades, órgãos governamentais relacionados ao esporte, à saúde ou à educação, fábricas, empresas ou qualquer ambiente de trabalho, grupos de amigos ou mesmo por um único indivíduo.
As ações podem ser diversas: jogos, exibições curtas, participantes desafiando jogadores de elite, aulas curtas, torneios mistos, jogos envolvendo gerações (avós, pais, crianças), torneios em cadeira de rodas, participação de celebridades, exibição de partidas de tênis de mesa, coreografia com golpes de tênis de mesa e dança, torneios ou qualquer outra ação que envolva o esporte.
Crédito: CBTM

PÁGINA INICIAL



Comentários

Arquivo

Mostrar mais