Mesa-tenistas Estrangeiros com Visto de Residência Permanente no Brasil podem para atuar por clubes nos eventos de Ranking da CBTM

NOTA OFICIAL DA CBTM: (28-02-2019) 047-2019



Dispõe sobre a participação de Atletas Estrangeiros no Eventos da Nacionais e Internacionais

O Comitê Executivo no uso das atribuições que lhe foram conferidas pelo estatuto da CBTM, de acordo com o disposto no Art. 4º, alínea “g” do Estatuto desta Entidade, informa aos nossos Associados que segundo o parecer do TJD fica estabelecido o seguinte: 

“É vedada a participação de atleta estrangeiro no Ranking Nacional, seja nas competições olímpicas e/ou paralímpicas de quaisquer naipe, idade ou Rating, salvo nos casos em que o atleta/paratleta possui visto de residência PERMANENTE expedido pela Polícia Federal do Brasil.

Parágrafo Único: o atleta ou paratleta enquadrado nesta categoria não poderá integrar a Seleção Brasileira em competições internacionais”. 

A determinação de atletas estrangeiros não poderem participar de competições no ranking já existe há muito tempo. O que a CBTM determinou, com a Nota Oficial, foi liberar estrangeiros com Visto de Residência Permanente para atuar por clubes no Brasil, nas disputas do ranking. Ou seja, houve uma evolução neste sentido. - Este estudo passou pelo departamento jurídico da CBTM. A ideia é vetar a vinda de atletas estrangeiros sem uma integração efetiva com o país. Atletas que venham exclusivamente para atuar em uma competição e não contribuam com o desenvolvimento do esporte, servindo como um caminho mais curto para clubes buscarem a conquista de títulos nacionais sem desenvolver talentos no país. 

Este dispositivo passa a vigorar na data de sua publicação.

PÁGINA INICIAL


Comentários

Total de visualizações da página

eBook

Tênis de Mesa Gran São João

Postagens mais visitadas dos últimos 30 dias

Luiza Dalfré do Gran São João na Liga Nipo Brasileira de Tênis de Mesa

Tênis de Mesa Limeira