TÉCNICO FOI EXPULSO POR INCENTIVAR JOGADOR EM CATALÃO

Carles Font e seus atletas do Tennis Taula Cassá.
Carles Font, técnico de tênis de mesa da equipe Tennis Taula Cassá, da Espanha, foi expulso do Campeonato da Espanha pelo árbitro ao escutar que incentivava um de seus jogadores em catalão. 
Segundo denuncia da própria equipe, a expulsão foi “por incentivar seu jogador em Espanhol”. Da primeira vez, o árbitro mostrou um cartão amarelo a Carles Font como advertência, e o técnico primeiro tentou explicar ao árbitro que apenas estava incentivando seu jogador, mas o árbitro insistiu na advertência e o técnico não aceitando o cartão amarelo foi expulso imediatamente.

O caso aconteceu em Blanes, cenário do Campeonato Espanhol que foi realizado de 17 a 26 de junho, e a equipe de Cassá, decidiu fazer a denuncia do caso.

As regras da Espanha, não permite dar instruções técnicas aos jogadores em outro idioma que não seja em espanhol, mas Carles Font relembra que ele só estava incentivando seu jogador dizendo “vinga va som-hi Andreu" (chegamos, vamos Andreu). 

“Quem foi mais prejudicado nesta situação foi o atleta, porque, por culpa do árbitro em querer ser o protagonista do jogo, o atleta não pode se concentrar na partida. Eu em nenhum momento faltei com respeito ao árbitro e isto é injusto, vergonhoso e lamentável o que aconteceu”, disse Carles Font.

“O problema é que somos catalães e não querem que falamos em nosso idioma. Tem um técnico chinês, russo e inglês e ninguém fala nada, e os campeonatos em outros países, todos podem falar qualquer idioma”, denuncia o técnico expulso.


Comentários